Categorias
Comportamento Trabalho

Amar a sexta-feira e odiar a segunda-feira – Por quê?

A maioria das pessoas espera ansiosamente para que a sexta-feira chegue logo.  Mas você já parou para pensar que o motivo das pessoas quererem  tanto que a sexta-feira chegue logo pode ser causado pela insatisfação profissional ? 

Você pode rebater: espero ansiosamente a sexta-feira, porque nela começa o fim de semana, posso ficar mais tempo com a família,  rever os amigos, sair para tomar uma cerveja e me livrar de toda aquela burocracia do escritório. Tudo bem, nada contra seu momento de lazer, é um direito seu. Afinal, você pode relaxar depois de uma semana de serviço. 

Mas o ponto central desta nossa conversa não é esta. Nossa intenção aqui é fazer você refletir que a essência do seu amor a um dia específico da semana pode ser mais sério do que você pensa. Sabemos que existem pessoas que são totalmente realizadas profissionalmente e que gostam do fim de semana. 

Mas a maioria diz que odeia a segunda-feira, e passa a semana “ empurrando “  os processos com a “barriga” e torcem para a chegada do fim de semana  porque ainda não se encontrou na profissão. Estes estão inseridos no padrão pré-fabricado de ter um emprego fixo que garante um salário mínimo no fim do mês para pagar as contas. 

Se é daqueles que só ralam pelo salário do fim do mês, talvez seu refúgio seja mesmo a diversão na sexta-feira, apenas.  

Você já se perguntou por que trabalha? As respostas são diversas: Trabalho para me manter, pagar contas, alimentar meus desejos e necessidades e etc. Já que temos que trabalhar por tudo isso, porque não optar por uma profissão que nos faça feliz e nos ofereça mais? Quem te falou que isso não existe, te enganou. Poder ser difícil, mas impossível, nunca! 

Todos nós temos nossas aptidões. gostos e facilidade. Já pensou se todo trabalho fosse baseado nesses quesitos? Se todos trabalhassem com aquilo que gostam, que amam e que são apaixonados, o mundo seria muito melhor, concorda? 

A preguiça diminuiria, a burocracia excessiva sumiria, o mau atendimento cairia em desuso e o dinheiro seria muito mais digno. O salário seria uma consequência feliz e acordar pela manhã, uma alegria eterna de todos os dias. 

E a sexta-feira? 

Bem, a sexta feira seria apenas mais um dia alegre que precede o sábado, domingo e a segunda. É, na verdade a segunda seria mais amada. Seria o start de mais uma semana de sucesso. Ou quem sabe, todo dia seria dia de trabalho e diversão ao mesmo tempo. 

Como colocar isso em prática? Você pode ainda pode questionar. 

Se você trabalha com aquilo que ama, seu trabalho pode parecer como diversão todos os dias. Afinal, há prazer envolvido. Uma frase que promove esse conceito foi dita por Confúcio há centenas de anos: 

Trabalhe com o que ama, e não terá que trabalhar nem um dia em sua vida ” .

Por conectivemarketingdigital

Zenaide de Carvalho, é Administradora, Consultora em Marketing Digital e Gestão de Negócios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s